Esta Matéria não tem vídeo
Deputado estadual Cabo Maciel durante reunião
Deputado estadual Cabo Maciel durante reunião
Esta Matéria não tem 
vídeo

 

Cabo Maciel defende

participação paritária no Conselho
de Cultura do Amazonas


Amazonas - O presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado estadual Cabo Maciel (PL-AM), defendeu na última semana, a participação paritária no Conselho de Cultura do Amazonas.

De acordo com o portal de notícias da Assembleia, o liberal confirmou reunião nas dependências do Centro Cultural Povos da Amazônia com o secretário de Cultura do Amazonas, Marcos Apolo Muniz de Araújo, sua assessoria e corpo técnico (planejamento e jurídico), juntamente com diversos representantes dos segmentos artísticos e culturais do Amazonas. Na ocasião, foi apresentado para o secretário o Anteprojeto de Decreto Estadual que altera o Decreto 25.939 de 19 de junho de 2006.

Para o deputado liberal, a presente propositura visa se coaduna com as regras vigentes do atual Decreto Estadual, ampliando a participação dos Grupos Folclóricos da capital e do interior no Conselho Estadual de Cultura, órgão colegiado integrante da estrutura organizacional da Secretaria de Estado e Cultura, tendo por finalidade propor a formulação de políticas públicas nos debates dos diferentes níveis de Governo e a sociedade civil organizada para o desenvolvimento e o fomento das atividades culturais no Estado do Amazonas.

Justiça às manifestações

Embasado no que diz Art.215 da Constituição Federal (“O Estado garantirá a todos o pleno exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura nacional, e apoiará e incentivará a valorização e a difusão das manifestações Culturais”), o parlamentar defende que a cultura deve ser tratada na sua dimensão mais ampla, como instrumento de construção da identidade de um povo, como condição de vida, como exercício de cidadania, é uma responsabilidade das três esferas dos entes federativos, como bem elenca a Lei nº 13.018,em seu art. 10: “Esta Lei institui a Política Nacional de Cultura Viva, em conformidade com o caput do art. 215 da Constituição Federal, tendo como base a parcela da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios com a sociedade civil no campo da cultura, com o objetivo de ampliar o acesso da população brasileira às condições de exercício dos direitos culturais”.

Acrescenta ainda Cabo Maciel que são várias as influências culturais em nosso Estado, sendo as mais fortes advindas dos povos indígenas, que estão presentes na música regional, nas artes plásticas, artesanato e manifestações folclóricas.

Na sua justificativa, o parlamentar ressalta que, no Estado, o ano inteiro é marcado por festivais artísticos e culturais, tais como: Carnaboi de Manaus, Boi Manaus, Carnaval de Manaus, Carnailha, Festival Folclórico do Amazonas, Festival de Cirandas, Festival da Canção de Itacoatiara — Fecani, Festival Internacional de Jazz, Festival do Peixe Ornamental, Festa do Cupuaçu, Boi-Bumbá de Parintins, Festa do Cacau, Festa do Tucunaré — Balbina, Festa da Pesca ao Tucunaré Nhamundá, bem como os trabalhos dos artistas individuais, e outros que já conquistaram prestígio internacional, com destaques para o Boi Bumbá de Parintins, Festival de Ópera e Ciranda, representando muito bem nosso Estado.

Paridade no Conselho de Cultura

Discorrido acima os preceitos legais que corroboram com a presente propositura, que se revela necessária, e com a mais lídima justiça, para que seja corrigida à luz da legislação vigente, a despeito de buscar a participação paritária e equidante, na capital e interior, trazendo critérios transparentes e de fácil entendimento, tornando viáveis as participações das entidades culturais de todo o Estado, democratizando o acesso das dezenas de agremiações folclóricas, carnavalescas, dentre outros, que labutam por décadas nas atividades artísticas e culturais do Estado do Amazonas. Vale ressaltar, que os artistas individuais em nosso Estado se destacam por utilizarem materiais recicláveis em suas obras de artes, evitando assim maiores danos ao meio ambiente.

O pedido proposto por este parlamentar estadual não tem o condão de desqualificar as normas já existentes, mas se coadunar com as regras vigentes, ampliar a participação dos grupos folclóricos amazonenses que de alguma forma realizam em seus municípios grandes manifestações artísticas e culturais com apoio da maioria da população local; festividades estas, que estão inseridas dentro dos calendários culturais da região. É notório que, por anos, dezenas de artistas de diferentes culturas regionais tentam ser ouvidos e inseridos através de seus representantes legais, eleitos pela sociedade civil, junto ao Governo do Estado, com o poder de voto e veto nas decisões de políticas sociais voltadas para a cultura, direito este, que não lhe é facultado de fato e de direito.



Fonte: http://www.ale.am.gov.br/2019/08/29/cabo-maciel-defende-participacao-paritaria-no-conselho-de-cultura-do-amazonas/




Provérbios LIBERAR O CMOMÉRCIO DE ARMAS DE FOGO

 
   
 
 
 
 
<
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados
Tel.: - (61) 32029922
SHS Quadra 06 Bloco "A" Conjunto "A" Sala 903
Centro Empresarial Brasil 21 Asa Sul - CEP: 70316-102 Brasília - DF
 
       
© - 2019 www.partidoliberal.org.br - Todos os direitos reservados

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing
Tel.: (61) 3202-9922
SHIN CA 09 Lt. 16 Sala 115 -  Edf. Greeen Hills
Lago Norte - CEP: 71503-509
TV-PR: Tiririca está entre os 10 melhores deputados segundo pesquisa
TV-PL: Líder Liberal rechaça tese do "toma lá dá ca" em entrevista 
Manual de Prestação de Contas da Campanha eleitoral de 2018
Nova Presidente do PL Mulher
Presidente do Partido Liberal, Tadeu Candelária (PL-SP)
Veja aqui todos os nossos vídeos e nossas reportagens

Secretaria de Comunicação do Partido Liberal
Deputados Federais do Partido Liberal da 56ª Legislatura
Senadores do Partido Liberal Veja todas Notícias no Facebook Veja nossos Vídeos no Youtube
  <area shape= Veja nossos Vídeos no Youtube Veja nossos Vídeos no Youtube veja as notícias no Twitter
veja as notícias no Instagram