Notícias Correio 22
 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Ícone do Windows Media Player
Clique no ícone do Media Player para assistir ou fazer download do vídeo em wmv
 
Ícone do Youtube
Clique no ícone acima para conhecer a Biblioteca de Vídeos do PR no You Tube
 
Ícone do WhatsApp
Clique no ícone acima para fazer download do vídeo em MP4 e enviar pelo WhatsApp
 
Ícone do QuickTime
Clique no ícone acima para assistir ou fazer download do vídeo em Quick Time (plataformas da apple)
 
25/04/2019 — Para assistir o vídeo do lado esquerdo da tela, você precisa instalar o Flash player
 
 
Deputada federal Flávia Arruda (PR-DF)
Deputada federal Flávia Arruda (PR-DF)
Brasília – Por iniciativa da deputada republicana Flávia Arruda (PR-DF), a Câmara Federal lançou na última terça-feira, 23, o Projeto Glória, uma plataforma de inteligência artificial, com o objetivo de ajudar as mulheres vítimas de violência a conseguirem atendimento sem perderem o anonimato.

A professora da Universidade de Brasília Cristina Castro-Lucas, que idealizou o projeto, explica que o objetivo é garantir o acesso a informações ao maior número de mulheres possível. Cristina reuniu empresas das áreas social e de tecnologia e criaram a robô Glória por meio de interfaces inteligentes e de autoaprendizagem, a partir de um conjunto de algoritmos capazes de evoluir com interações em linguagem natural com o usuário.

Por meio de experiências de interação com uso de inteligência artificial, os usuários poderão vivenciar comportamentos e atitudes de uma pessoa real. A robô Glória entenderá os fatos abordados e identificará soluções para a quebra do ciclo de violência contra mulheres e meninas.

“Ao tomar conhecimento do projeto Glória, o que mais me surpreendeu é justamente a humanização desses dados. Pode parecer curioso falar de humanização em uma atividade realizada por um robô, mas quando o robô deixa de analisar apenas registro de ocorrências policiais e passa a incorporar as experiências pessoais de cada mulher, para buscar uma linguagem próxima, de acolhimento e orientação, passa a ser realmente uma ferramenta efetiva”, declarou Flávia Arruda durante o evento de lançamento da plataforma na Câmara.

A intenção do projeto é alcançar mais de 20 milhões de pessoas, e gerar relatórios com segmentação por faixa etária, local, dados socioeconômicos e padrão de ocorrências. Esses dados poderão subsidiar políticas públicas voltadas para o combate da violência contra mulheres.
Em 2017, foram registradas 221.238 denúncias de violência doméstica contra mulheres. As mortes consideradas feminicídio somaram 1.133 casos.

Acesso

O Projeto Glória pode ser acessado experimentalmente pelas redes sociais Facebook e Instagram pelo perfil @eusouagloria.


Fonte: *Com informações da Agência Câmara
Topo


© - 2007 www.partidodarepublica.org.br - Todos os direitos reservados

SEDE NACIONAL DO PARTIDO DA REPÚBLICA

ENDEREÇO:

SHS quadra 6 Bloco A sala 903 - Brasil XXI . CEP: 70.316-102 - Asa Sul . Brasília-DF


SAC

Tel.: - (61) 32029922

Instituto Alvaro Valle

Mais uma realização do Instituto Alvaro Valle Tel.: - (61) 32029922


LEAD         TVNEWSWEB

Site Desenvolvido pela LEAD - Produções Artísticas Comunicação & Marketing

SHIN CA 09 LT 16 SALA 115 - ED. GREEN HILLS - LAGO NORTE CEP: 71503-509

http://www.leadbrasilia.com.br/

http://www.tvnewsweb.com.br/